A importância da evolução dos equipamentos de raios-X em tempos de pandemia

A importância da evolução dos equipamentos de raios-X em tempos de pandemia

O raios-X foi descoberto por acidente em 1895, pelo cientista alemão Wilhelm Conrad Röntgen, que entendendo a importância que a sua descoberta teria para a humanidade, recursou-se a registrar patente.

Os exames de imagem evoluíram com o tempo, e com o desenvolvimento de equipamentos que emitiam doses cada vez menores de radiação para os diagnósticos, passou a ser encontrado em todos os setores de emergências e terapia intensiva de hospitais no mundo.

De fraturas ósseas, a diagnósticos precisos na identificação de enfermidades como pneumonia por meio do raios-X do tórax, chegando até a mamografia que também utiliza princípios do raios-x no exame das mamas.

No contexto atual, o raios X atinge o seu ápice de importância ao ser umas das mais eficientes formas de diagnosticar as condições reais dos pulmões de pacientes da Covid 19.

Exames por imagem no enfrentamento a Covid 19

]Os exames de imagem têm papel estratégico no diagnóstico e monitoramento da Covid-19, e são essenciais, principalmente em casos mais graves, para acometimento do trato respiratório inferior e suspeita de pneumonia.

Em casos com sintomas leves da doença, a realização de exames de imagem considera os fatores de risco para a progressão da doença e a evolução do quadro respiratório dos pacientes.

Também é indicada a realização de exames de imagens quando o paciente não tiver acesso às análises laboratoriais, mas tiver alta probabilidade de diagnóstico da Covid-19, pois os exames de imagem indicam alterações, ainda que sensíveis, em seu sistema respiratório.

E por fim, as radiografias do tórax podem ser utilizadas em casos de pacientes acamados ou sem condições de realização de tomografia computadorizada. Neste cenário de não mobilidade do paciente, o equipamento radiológico precisa ter um diferencial: Versatilidade.

Equipamentos de raios-X móveis

aparelho móvel de raio x

Em um ambiente hospitalar com alta probabilidade de contaminação cruzada, equipamentos de raios-X móveis e versáteis fazem com que o trânsito de pacientes, nestes contextos, ocorra somente em último caso, uma vez que os aparelhos radiológicos vão até os pacientes ou já estejam posicionados em alas exclusivas de Covid-19, por exemplo.

A demanda por equipamentos cada vez mais versáteis para exames de diagnóstico por imagem, fez a VMI Médica desenvolver a linha de raios-X móveis ÁQUILA. Mais leves, maleáveis e versáteis, são alimentados por tomadas simples de 3 pinos (tecnologia própria), com alta potência e excepcional qualidade imagem para serem utilizados em salas com baixa tensão.

São os equipamentos mais modernos para a execução de exames radiológicos, em qualquer ambiente hospitalar, em tempo mínimo utilizando-se de baixa radiação, garantindo a segurança e conforto dos pacientes e operadores.

Conheça nossa linha de raios-X móveis.